Estatísticas de acesso
CENTAURO
Grupo de Astronomia Amadora
Dois Vizinhos / Maringá - PR

| Inicial | Eventos | Astronomia | Recomendamos | Membros | Fale com a gente | Cadastre-se | Sobre o GCAA |

Os membros do Grupo Centauro de Astronomia Amadora
agradecem enormemente a presença de todos no III EPAST


Raquel, André, Ricardo, Bruno, Andressa, Paulo e Wilson

 

INFORMAÇÕES

O III EPAST - Encontro Paranaense de Astronomia, foi realizado em Maringá de 15 a 17 de setembro de 2006, no auditório Adelbar Sampaio (bloco F 67) da Universidade Estadual de Maringá.

O Encontro contou com palestras, mini-cursos e concurso de astrofotografia.

Os participantes inscritos receberam certificado emitido pelo Mestrado em Educação para Ciência e Ensino de Matemática da Universidade Estadual de Maringá.

 

APOIO:
 

A Scientific Amercian Brasil estará presente no III EPAST

Mestrado em Educação para a Ciência e Ensino de Matemática

 

PROGRAMAÇÃO SEGUIDA

Dia 15/09
19h00
Credenciamento
20h40

Palestra: A viagem do primeiro astronauta brasileiro
Maurício José Kaczmrech - SPCA

Resumo: O espaço cósmico começou a ser explorado, ganhando os aventureiros da era moderna, os astronautas. Estes podem ser definidos etimologicamente, como sendo os "que viajam entre os astros". O primeiro astronauta foi Gagarin lançado ao espaço em 1961, daquela época até hoje, mais de 440 pessoas atuaram como astronautas. A participação de um brasileiro em uma missão espacial, não é algo novo. Ocorreram oportunidades para que isto ocorresse, mas que se concretizou somente recentemente. A missão da qual o primeiro astronauta brasileiro fez parte, foi batizada de Missão Centenário.

21h30

Palestra: A influência da astronomia em outras ciências
Prof. Dr. Bertoldo Schneider Jr - CAUTEC

Resumo: É fato conhecido que a Astronomia é a mãe de todas as ciências, mas popularmente não há a compreensão do porquê, nem da importância que esta super-ciência teve, e continuará tendo, na história de toda a humanidade. A palestra falará sobre alguns trabalhos que se iniciaram originalmente na astronomia e depois tiveram repercussões nas mais diferentes áreas, como óptica, mecânica, acústica, telecomunicações. Contribuições inesperadas e interessantes. Tudo isto tratado através das histórias das pesquisas originais, principalmente de seus fatos mais pitorescos.

 

Dia 16/09
8h30

Palestra: Investigação das condições de sobrevivência de microrganismos extremófilos em ambientes extraterrestres simulados
Ms. Ivan Gláucio Paulino Lima - GEDAL

Resumo: O objetivo do presente estudo é verificar as respostas biológicas de microrganismos extremófilos, após tratamento em ambientes com características físico-químicas extraterrestres, como por exemplo, a interface atmosfera/superfície de Marte e de Titã. Dentre os extremófilos com maior probabilidade de resistirem e/ou se adaptarem a tais ambientes estão, a bactéria Deinococcus radiodurans (resistente a alta radiação), microrganismos psicrófilos (resistentes ao frio) e arquéias metanogênicas (produtoras de metano). Os mecanismos moleculares que conferem o fenótipo de sobrevivência serão estudados através da obtenção de mutantes e posterior identificação, isolamento e caracterização de genes relacionados a esse fenótipo. Os resultados dessa pesquisa poderão ter impacto na indústria de produtos biológicos, através do isolamento de compostos biotecnologicamente interessantes e também poderão dar suporte a teorias de origem da vida como a panspermia e também sobre a possibilidade de Terra-formação de ambientes extraterrestres.

09h20

Palestra: Concepções Espontâneas em Astronomia em Professores de Quinta Série
Profª Dra. Rute Helena Trevisan - UEL

Resumo: este trabalho tem o objetivo de discutir o ensino e a aprendizagem de alguns conceitos básicos de astronomia como as Estações do Ano, Fases da Lua e Eclipses, sobre o ponto de vista das Concepções Espontâneas, uma vez que se observa grande tendência do professor de ciências em ensinar e dos alunos em aprenderem as concepções errôneas do dia-a-dia, trazidas para a sala de aula. Buscamos avaliar por meio de pesquisa qualitativa junto a professores de ciências do Ensino Fundamental, quais as dificuldades apresentadas por eles em trabalhar com as concepções espontâneas em astronomia apresentadas pelos alunos e as suas próprias dificuldades ao ministrarem aulas de astronomia nas escolas de ensino fundamental e médio. Como forma de sanar algumas das dificuldades por eles enfrentadas, são sugeridas as oficinas de astronomia.

10h05 Intervalo
10h20 Mesa Redonda: Plutão e seus companheiros distantes: planetas ou apenas mais objetos do cinturão de Kuiper?
Ricardo F. Pereira - Coordenador - GCAA
Paulo Bonagura - GCAA
Maurício José Kaczmrech - SPCA
Felipe Braga Ribas - CACEP
Saulo de Aquino - GEDAL
13h30

Minicurso: O debate cosmológico aberto: "Big Bang" ou Universo Infinito no Espaço e no Tempo?
Prof. Dr. Marcos Cesar Danhoni Neves - UEM

Resumo: Uma das grandes certezas da Cosmologia atual talvez seja a sua maior fraqueza: a idéia de um Universo criado a partir de uma singularidade inicial há 20 bilhões de anos ("Big Bang"). Serão debatidas interpretações não convencionais dos desvios para o vermelho das galáxias e quasars, o significado físico da radiação cósmica de fundo (CRB) e sua previsão, além de uma série de incongruências observacionais que indicam a possibilidade de um Universo infinito no espaço-tempo. Será exibido ainda o filme "Universe: The Cosmology Quest", produzido pelo cineasta Randall Myers.

15h:30 Intervalo
15h:45
(à 17h20)
Retomada do minicurso:
O debate cosmológico aberto: Big Bang ou Universo Infinito no Espaço e no Tempo?
19h00

Palestra: Aspectos gerais da Cratera de Colônia (SP) / Prof. Paulo Gomes Varella - Céu Austral

Resumo: A cratera de Colônia situa-se na região sul do Município de São Paulo (SP) e, apesar de ter sido investigada ao longo das últimas cinco décadas, é pouco conhecida pela comunidade científica brasileira (inclusive a astronômica) e menos ainda pela população em geral. Nesse trabalho procuramos apresentar os aspectos mais significativos da cratera, como dimensões, localização geográfica, um pouco da geologia da região do entorno e idade, além dos pontos favoráveis à sua caracterização como cratera de impacto, uma vez que, até hoje, alguns pesquisadores levantam dúvidas quanto à sua origem. Por fim, descrevemos sucintamente a situação atual da cratera, salientando as iniciativas de tombamento pelo CONDEPHAAT e da criação da APA Capivari-Monos, que contiveram a ocupação desordenada, propiciando uma ação de preservação de importante área de mananciais da cidade de São Paulo, bem como que da própria cratera.

19h50

Palestra: Ficção científica e Astronomia
Maurício José Kaczmrech - SPCA

Conteúdo: Ficção Científica, origem e características; como se faz uma estória de FC, os temas preferidos da FC, FC faz profecias?, FC e realidade, FC também erra, quando a Ciência e a FC erram. Resumo: É uma palestra que mostra a atração e o interesse pelas coisas do espaço, bem como a falta de conhecimento do meio literário e cinematográfico, bem como os acertos. São feitas citações e comparações com os projetos espaciais.

21h30 Astrofesta

 

Dia 17/09
9h00
Concurso de Fotografias e Exposição de trabalhos (impressos, ploters, etc).
9h55

Intervalo

10h10

Palestra: A Influência da Espectroscopia Mössbauer no Avanço da Astonomia
Raquel Rocha - Licenciada em Física e Mestranda em Física da Matéria Condensada - GCAA

Resumo: Ferramenta de suma importância em análise de matérias aqui na Terra a espectroscopia Mössbauer alcança trunfos fora do planeta. Equipamentos de espectroscopia fazem parte de sondas e estão revolucionando novas descobertas. As sondas Spirit e Oportunity possuem espectrógrafos Mössbauer que possibilitaram a pesquisa de meteoros encontrados em solo marciano. As características e usos da espectroscopia Mössbauer serão abordados nessa palestra.

11h00

Palestra: A Astronomia e a Divulgação Científica: Como atingir a comunidade?
Graduando Ferdinando Zapparoli - GEDAL

Resumo: iparadigma vigente deixa claro que a Astronomia é um assunto interessante para a grande maioria das pessoas. Basta que a televisão anuncie algo mais incomum, que onde houver um telescópio e um Astrônomo, haverá uma fila, nem que pequena para ver o "tal" evento. Entretanto, mesmo nos cursos de Física, podemos perceber que as pessoas, mesmo interessadas, não se mobilizam para estudar Astronomia. Isso nos leva a um questionamento: Por que não? Se gostam, se acham interessante e se buscam quando lhes é oferecido? O dilema da divulgação científica esbarra em elementos de saber que interferem na necessidade de se aprender ou não! Esses elementos são os objetos de estudo dessa palestra.
O que fazer para divulgar a Astronomia para a comunidade de forma efetiva e ao mesmo tempo interessante? Essa é a pergunta que nos propomos a responder com essa palestra.

13h30

Palestra: Evolução Estelar: Nascimento, Vida e Morte das Estrelas
Ricardo Francisco Pereira - Bacharel e Licenciado em Física e Mestrando em Educação para a Ciência e o Ensino de Matemática - GCAA

Resumo: A palestra visa apresentar ao público os processos físicos e astrofísicos envolvidos durante todo o período de existência de uma Estrela, desde quando ela "nasce" até o seu "fim". Veremos que dependendo de seu tamanho e sua massa, as estrelas são classificadas em categorias diferentes e também terão "destinos" diferentes.

14h:20

Palestra: Da ficção à realidade - Transformando o interesse pela Astrologia em Astronomia / Miguel Fernando Moreno - GEDAL

Resumo: Expõe-se atividades a serem realizadas com o público em geral, normalmente conhecedor dos conceitos básicos da Astrologia ("signos", etc), para que se demonstre a origem conjunta desta com a Astronomia e sua posterior diferenciação, explanando-se sobre como, na Astronomia, são empregados termos como "zodíaco" e outros, trazendo ao debate determinados aspectos da Astronomia que, por fim, demonstram a invalidade dos conceitos astrológicos.

15h20

Plenária EPAST.

15h45

Encerramento.

 


www.grupocentauro.org - Grupo Centauro de Astronomia Amadora - gcentauro@gmail.com
free html hit counter